Cristiano Zanin toma posse no STF

Zanin, indicado por Lula, é aprovado no Senado com 58 votos a favor e 18 contra, superando os 41 votos necessários. A aprovação ocorreu em 21 de junho

O advogado Cristiano Zanin, com 47 anos de idade, foi empossado como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (3), ocupando a vaga deixada pela aposentadoria de Ricardo Lewandowski.

A cerimônia aconteceu no plenário do STF com a presença de familiares, amigos, autoridades dos Três Poderes e a cúpula da República, incluindo Luiz Inácio Lula da Silva (PT), além dos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Anteriormente advogado de Lula, Zanin teve sua nomeação confirmada pelo ex-presidente no início de junho, e o Senado aprovou sua indicação em 21 de junho do mesmo ano. O novo ministro poderá permanecer no Supremo até 2050, quando completar 75 anos, idade em que será obrigado a se aposentar compulsoriamente.

Cristiano Zanin já escolheu onze pessoas para atuarem como seus auxiliares, sendo nove delas que já trabalharam com seu antecessor na Corte, o ministro Ricardo Lewandowski, que se aposentou em abril.

Oficialmente integrante do Supremo, Zanin já está participando da sessão do plenário virtual da Corte, que se iniciou nesta sexta-feira (4). Nesse formato, os ministros depositam seus votos em um sistema eletrônico, sem a realização de debates entre eles.

O primeiro caso que o novo ministro julgará presencialmente é aquele referente ao juiz de garantias. A Corte começou a analisar o tema no primeiro semestre, com apenas o voto do relator, Luiz Fux, que se mostrou contrário à obrigatoriedade da implementação do juiz de garantias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

notícias relacionadas

CATEGORIAS

COMPARTILHAR