EUA aportam submarino nuclear na Coreia do Sul

Os EUA enviarão mais recursos estratégicos à Coreia do Sul para deter a Coreia do Norte

USS Kentucky, que fez escala na Coreia do Sul, quando partiu do Alasca em 2017

Nesta terça-feira (18), um submarino dos Estados Unidos, equipado com mísseis balísticos e armas nucleares, chegou à Coreia do Sul. Essa é a primeira vez que ocorre desde a década de 1980, em um momento em que os dois países aliados estão buscando coordenar suas respostas em caso de uma guerra nuclear com a Coreia do Norte.

A rara visita já havia sido anunciada durante uma cúpula entre o presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk Yeol, e Joe Biden em abril, e foi confirmada pelo coordenador Indo-Pacífico da Casa Branca, Kurt Campbell.

Os Estados Unidos têm se comprometido a enviar mais recursos estratégicos para a Coreia do Sul, como porta-aviões, submarinos e bombardeiros de longo alcance, a fim de conter as crescentes capacidades de mísseis da Coreia do Norte, que agora podem alcançar alvos tão distantes quanto os EUA.

Por sua vez, a Coreia do Norte condenou o uso de armas nucleares e manifestou-se contra demonstrações de força militar, como a visita do submarino. A situação na região continua sendo motivo de preocupação devido à tensão entre as duas Coreias e a presença de armas nucleares na área.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

notícias relacionadas

CATEGORIAS

COMPARTILHAR