Força-Tarefa Agiliza Concessão de Passe Livre Especial para Pessoas com Deficiência no Distrito Federal

Iniciativa da Secretaria de Saúde do DF Reduz Tempo de Espera e Agiliza Processo de Homologação de Laudos


Uma força-tarefa composta por 13 médicos da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) está trabalhando intensivamente para analisar e homologar laudos destinados à concessão do Passe Livre Especial. Esse benefício é direcionado a pessoas com deficiência e garante o uso gratuito do transporte público. Em apenas duas semanas desde o início da ação, os médicos avaliaram 2.501 laudos, resultando em uma redução de 68% no tempo de espera pelo benefício. A previsão é que a força-tarefa seja concluída ainda em agosto, conforme informações da Subsecretaria de Atenção Integral à Saúde.

O Passe Livre Especial é destinado a indivíduos que possuem condições médicas específicas, incluindo insuficiência renal dialítica, cardiopatias crônicas graves, portadores de câncer, HIV, anemias congênitas (falciforme e talassemia), coagulopatias congênitas (hemofilia) e pessoas com deficiência física, sensorial ou mental, de acordo com as legislações vigentes.

Para efetuar essa força-tarefa, a SES-DF mobilizou médicos de diversas especialidades, tais como profissionais de saúde da família e comunidade, otorrinolaringologistas, neurologistas, ginecologistas e endocrinologistas. Esses médicos passaram por treinamento para se familiarizarem com os processos de homologação dos laudos no sistema do Banco de Brasília (BRB) Mobilidade, que é responsável pela administração do benefício.

A secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, destaca que esse é um trabalho minucioso que requer expertise técnica e conhecimento das legislações pertinentes. A meta é agilizar substancialmente o processo de concessão dos novos passes, diminuindo o tempo de espera dos beneficiários.

As solicitações para obtenção do Passe Livre Especial podem ser realizadas através do site da Secretaria da Pessoa com Deficiência (SEPD) ou no posto de atendimento do BRB Mobilidade, localizado na estação de metrô da 112 Sul. Para a validação do benefício, o profissional de saúde avalia os laudos e outras informações médicas fornecidas pelo indivíduo no momento da requisição. É crucial que a documentação esteja completa e esteja de acordo com os parâmetros estabelecidos por lei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

notícias relacionadas

CATEGORIAS

COMPARTILHAR