Processo de Cassação de Carla Zambelli é Arquivado pelo Conselho de Ética

Decisão Marca Reviravolta Após Mudança de Voto do Relator da Ação

Nesta quarta-feira (9), o Conselho de Ética tomou uma decisão surpreendente ao arquivar, por 15 votos a favor e 4 contra, um processo em andamento no colegiado que poderia resultar na cassação do mandato da deputada Carla Zambelli (PL-SP).

O arquivamento ocorreu após uma reviravolta protagonizada pelo relator da ação, o deputado João Leão (PP-BA), que alterou seu voto original e se posicionou pela inadmissibilidade do caso, ou seja, pela interrupção do processo. Na semana anterior, Leão havia votado a favor da continuidade da ação.

Leão explicou sua decisão afirmando que considera o Conselho de Ética maduro para avaliar o caso, mencionando também a redução da intensidade dos ânimos na Casa. Sua mudança de voto visa dar uma oportunidade à Casa, à deputada Carla Zambelli e a todos os envolvidos, para que a questão seja tratada de maneira republicana.

O processo em questão foi iniciado pelo deputado Duarte Júnior (PSB-MA) e se originou de um episódio ocorrido durante uma reunião da Comissão de Segurança Pública, na qual Carla Zambelli proferiu xingamentos contra Duarte Júnior. O incidente teve lugar em abril e foi o ponto de partida para o processo de cassação que agora foi arquivado.

Zambelli também participou da reunião do conselho essa semana. Após o voto relator, a deputada disse que começou o ano legislativo com o “ânimo exaltado”, mas que acredita que é possível sim fazer debates sem ataques pessoais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

notícias relacionadas

CATEGORIAS

COMPARTILHAR