Ucrânia assume responsabilidade por ataque a ponte na Crimeia

Ponte Kerch atingida por ‘drones navais’, diz ministro ucraniano

A Ucrânia assume responsabilidade por ataque à ponte Kerch na Crimeia, usando ‘drones navais’. O ataque deixou duas vítimas fatais e uma adolescente gravemente ferida. O ministro da Transformação Digital, Mykhailo Fedorov, afirmou que o projeto e produção dos equipamentos serão mantidos em sigilo. O ataque foi uma operação conjunta do SBU e das forças navais ucranianas.

Moscou iniciou uma investigação oficial sobre o ataque à ponte da Crimeia por dois drones marítimos ucranianos. O Comitê Investigativo Russo classifica o incidente como um “ato terrorista cometido pelos serviços especiais da Ucrânia”.

Infelizmente, um casal perdeu a vida durante o ataque, enquanto estavam dentro de um carro atravessando a ponte no momento da detonação. A filha de 14 anos do casal está hospitalizada, mas não foram divulgadas informações sobre seu estado de saúde.

O presidente russo, Vladimir Putin, também condenou o incidente, chamando-o de “ataque terrorista”. Ele ordenou uma investigação completa e medidas para proteger essa “instalação de transporte estrategicamente importante” de futuros ataques.

Vale destacar que os suportes da ponte direta de Kerch não foram danificados pela explosão, de acordo com o vice-primeiro-ministro russo, Marat Khusnullin. Mergulhadores estão concluindo a inspeção da ponte, e a decisão sobre a possibilidade de reabertura do tráfego de veículos será tomada em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

notícias relacionadas

CATEGORIAS

COMPARTILHAR